Historinhas para “o boi” dormir…

texto historinhas para o boi dormir
Desde o começo dos tempos
nossas raízes vêm sendo formadas.
Nossos ancestrais nos deixam heranças
que carregamos em nossas camadas.
Nas profundezas da mente
as ideias são delicadamente plantadas.
E na imensidão das escolhas
moldamos nossas crenças e pegadas.
Mas, em paralelo à herança de ouro,
historinhas vão sendo contadas.
Pois a ignorância quer prosperar,
Querem que sejam manipuladas…
Mas nem para serem criativos!
Usam sempre o mesmo recursos:
Denegrir, diminuir e ridicularizar.
E convencer-nos de alguns abusos.
E no embalo das musiquinhas
nos ensinam a ter medo de careta.
Nos ensinam preconceitos,
e a hostilizar a cara preta.
Dizem agora que os chifres são dos cornos,
para distorcer que são dos grandes anciões.
Porque a dor de cotovelos sim é antiga
e passa por todas as gerações!
Se os chifres são dos cornos
a mulher amada foi uma putinha.
Não sabes o que fazer com a mulher?
Escondas que ela é rainha.
Queime a bruxa! Difame sua honra!
Desfie a ladainha!
O tempo se encarregará
de dar força a essa historinha.
O maior mal não é aquele que se apresenta.
O maior mal é aquele disfarçado de bem.
Ele manipula, oprime, controla
e nos aproxima do que lhe convém.
E seguimos embalados pelas distorções
motivados a sermos o que não somos.
Subutilizando nossos corações.
Sufocamos nossos instintos
e compramos mais do que poderíamos usar.
As rugas de sabedoria
são preenchidas de plástico para não as mostrar.
Tomamos o veneno de gota em gota
com nossas próprias mãos
Que já não são mais de cura.
O importante agora
É não terem manchas, não!
Historinhas e musiquinhas
Todas sempre tão bonitinhas
Querendo pegar os ensinados
A acreditar nas bobagenzinhas.
Fique esperto! desconfie!
A certa, pode não ser a mocinha!
Ela pode ser a sorrateira
só aguardando o fim da sua linha.
E você? Acredita em tudo que aprendeu?
Acha que sabe tudo? que já é esperto?
E que sabe não foi o gato quem comeu?
Tome cuidado! A ignorância é esperta!
Ela não vai escrever “Veneno”
no pote de vidro à sua espera.
Ela vai pintá-lo de sua cor preferida,
pois uma de suas armas é a esmera.
Toma cuidado, leia direito as entrelinhas.
A vida não espera.
Descuidou, desprezou o instinto
O veneno mata.
Ou cruelmente
Cega.

Nesrine B.

Informações

Título: Historinhas para “o boi” dormir…
Publicado em: 25/09/2014
Publicado por:
Categoria: Textos e publicações
Tags:, ,

3 comentários em “Historinhas para “o boi” dormir…

  1. Gravatar of larissa who made comment number 151 larissa says:

    Perfeito!! Simples assim…

  2. Gravatar of mariza who made comment number 152 mariza says:

    Ahh que lindo!as linhas que redige sempre me levam a reflexão. Estamos aqui por nós ou pelos outros ? Bjs

  3. Mas que beleza! Lindas palavras, linda mensagem, linda textura. Combina com a linda bailarina.

Comente!

Seu e-mail não será publicado.

Copyright © 2019 Dance! Porque é bom.
NeighborlyTema WordPress licenciado sob GNU GPL