Archive for the poesia tag

Enfeitando o pavão

Standard post by carolnesrine on março 13, 2015
4 comments


Enfeitando o pavão1 Enfeitando o pavão De onde será que vem tal expressão? Talvez de uma manobra antiga Que tenta driblar nossos olhos e nosso coração. Mas por que será preciso Enfeitar um animal já tão lindo? Por que será preciso Dar à dança (que é do ventre e não nossa!) Outro sentido? Lendas místicas, auto-ajuda, terapia e Tudo (claro!) com muito “amor” e “sorrisos”. Meu coração sangra ao ver. Minha alma pede abrigo. E a dança que já não é mais do ventre É passada com outro sentido. Por que será preciso? Ela já vem adornada com muita sutilezas. E são essas sutilezas que nos trazem tantos benefícios. Ela é muito antiga. E, dessa época, Sem tantos registros. Por que criar uma história para ela? Por que ensinar o que nunca sequer foi dito? Por que será preciso Enfeitar o pavão, um animal já tão lindo? Se é por causa da coroa, não sei… Só sei que continuo com poucos ao meu lado, Mas com alegria do meu caminho. Nesrine]]>

Registo da antropóloga Paola Klug, por Rui Sá

Standard post by carolnesrine on fevereiro 26, 2015
No comments yet


]]>

Leva tempo…

Standard post by carolnesrine on fevereiro 19, 2015
4 comments


IMG_0034 a ass Leva tempo… Dói, Desanima, Anima, Vicia, Envenena, Acalma, Acaricia. Enlouquece, Entristece e Aborrece a menina. Amadurece, mostra a prece Nos alucina. Afina… Ensina, Cresce, transforma em mulher e mostra o que é a vida. Sem tamanho, métrica ou rima… Leva tempo? Leva! Mas cuidado: O tempo leva… A balança da busca no decorrer do tempo E a hora da chegada perdida. Então, vai! Corre e Busca o que é teu. Chore, Isso é seu, não meu. Não se apavore. Você teve tudo o que mereceu. Viva. … E saiba apreciar as visitas da grande alegria. Nesrine B.]]>

Pedido…

Standard post by carolnesrine on fevereiro 10, 2015
No comments yet


1380240_10201379575144652_1569457085_nQue meus protetores estejam comigo, Que eu sempre encontre um abrigo, Que eu possa brilhar contigo, Porque as possibilidades vão rumo ao infinito…
🙂 Nesrine B.]]>

Sobre minha dança

Standard post by carolnesrine on setembro 29, 2014
No comments yet


D 8 - IMG_1669 e E depois com meus perfis. Minha dança cresce para dentro E explode sem movimento. Silêncio Contento Conteúdo Contenção Com tensão Com tesão Com amor E agora com o tempo. Comecei a dançar com sonhos. E agora danço com o pensamento. Sapateio com as palavras E escrevo o movimento. A inteligência é dos quadris e as batidas do repente. Danço o que sinto e digo o que danço Para você: toda gente. Nesrine Bellydance]]>

Para eu dançar

Standard post by carolnesrine on setembro 23, 2014
No comments yet


blog 2 Para eu dançar Dançar para exercitar Dançar para encantar Dançar por amor Dançar para aprender a amar Dançar por dançar e também para realizar Dançar a dança E dançar o que me faz sonhar. Nesrine Bellydance ]]>